sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Especial: Retrospectiva 2011

Está chegando ao fim o ano de 2011. Confira agora uma retrospectiva deste agitado ano para a televisão de nossa região e também para o blog SulBRTV.

O mês de janeiro mal havia começado, e já anunciávamos uma das principais notícias dos últimos meses: o polêmico comentarista da RBS TV catarinense, Luiz Carlos Prates, deixa a emissora após mais de três décadas na empresa, devido ao comentário de repercussão nacional feito dois meses antes. O comentarista assinou, no mesmo mês, um contrato com o SBT SC. A estreia ocorreu em fevereiro.

Além de Luiz Carlos Prates, Márcia Manfro também saiu da emissora em janeiro. Após nove anos na bancada do Jornal do Almoço, Márcia mudou-se para São Paulo. Dolmar Frizon deixou a RBS TV SC em dezembro. O repórter volta a sua cidade-natal, Concórdia, interior de SC, onde continua na área da comunicação, em uma emissora de rádio.

Um dos assuntos mais recorrentes em SulBRTV neste ano, foi a disputa acirrada pelo 2º lugar entre SBT e TV Record no RS. Por diversas vezes, o SBT conquistou esse espaço que passou a ser da Record, desde que a emissora se instalou na capital. No Paraná, o SBT também comemorou bons resultados. Em dezembro, a Rede Massa divulgou que estava a menos de um ponto da vice-liderança. A mesma emissora foi motivo de atenção quando a Revista Veja informou, em novembro, que ela poderia ser vendida à Rede Record, o que foi negado, dias depois, em um comunicado. O empresário Ratinho reafirmou, no mês seguinte, que não fará a venda.

A não retransmissão da série Glee pela RPC (PR) e RBS TV (RS) gerou polêmica nas redes sociais. A enquete de SulBRTV retornou resultados opostos nos dois estados: A maioria dos gaúchos demonstrou preferência pelo programa local Patrola, exibido no mesmo horário, enquanto que os paranaenses preferiram Glee ao programa Plug, da RPC.

A TV digital avançou: 11 novos canais entraram no ar na região, começando pela TV Tarobá (Cascavel), em 18 de fevereiro. A Rede Vida surpreendeu ao estrear sinal nas três capitais, passando à frente de emissoras como a TV Pampa, que fez uma nova previsão, para abril de 2012. A RBS TV, que anunciou cinco novos canais, não estreou nenhum. A CNT, após muitas previsões, entrou no ar em 16 de dezembro.

A RBS TV Santa Maria mobilizou o blog SulBRTV com sua previsão para 6 de dezembro. Quando estivemos na cidade, com equipamentos para gravar suas primeiras imagens, fomos informados de que a estreia estava adiada em razão da não autorização da Anatel para a transmissão. Ainda assim, tivemos a oportunidade de conhecer a sede e gravar seus bastidores, publicados no especial de fim de ano.

SulBRTV também foi notícia: em 11 de abril, estreamos novo layout. O blog passou por uma reforma editorial e ganhou uma conta no site Formspring, além de outras mudanças na página de TV digital e nas redes sociais. Em 31 de agosto, SulBRTV alcançou seus 300.000 acessos com outra novidade: a sua página no Onbile, especial para aparelhos móveis. No mês seguinte, SulBRTV ganhou seu próprio domínio na internet.

Mas não foram somente notícias boas que envolveram o nome de SulBRTV. Em 14 de janeiro, perdemos nossa conta oficial do YouTube. Duas semanas depois, o canal diler2006 também encerrou suas atividades. Nos dois casos, o motivo foi reclamações falsas de direitos autorais por outros usuários do site, usando ilegalmente o nome de emissoras de TV, o que ficou mais evidente quando, no caso da conta diler2006, um vídeo da RBS TV foi denunciado em nome da Rede Record.

Os vídeos de diler2006 retornaram em julho, por meio de três novas contas. A interrupção, porém, não foi o pior golpe sofrido pelo canal neste ano. Em 20 de agosto de 2011, a conta, já reativada, perdeu uma de suas maiores colaboradoras, a dona de casa Wilma de Souza Dias, responsável por gravações antigas de grande sucesso no portal de vídeos. Wilma foi homenageada com a republicação de vídeos de seu acervo.

A TV sul-brasileira perdeu importantes personalidades em 2011: Patrícia Jacomel, de 35 anos, faleceu em 8 de junho, vítima de pneumonia. A jornalista passou pela RBS TV, TVAL de SC, entre outras empresas. A notícia causou tanta comoção, que SulBRTV atingiu seu maior número de acessos em um dia desde a sua criação.

Alguns dos pioneiros da televisão gaúcha também partiram em 2011: Walmor Bergesch faleceu em 29 de agosto. Aos 73 anos, ele lutava contra um câncer. Bergesch ajudou na implantação do primeiro canal do RS, a TV Piratini, e também da TV em cores no Brasil, assim como Salimen Jr., falecido em 30 de julho.

Dois dos principais apresentadores da extinta TV Guaíba, Flávio Alcaraz Gomes e Clovis Duarte, também faleceram neste ano. Flávio, conhecido como "o repórter da guerra", por ter participado de coberturas como as da Guerra dos Seis Dias e Guerra do Vietnã, para a Rádio Guaíba, apresentava o programa Guerrilheiros da Notícia na TV Pampa. Em 5 de abril, faleceu após um tratamento contra a pneumonia. O sorridente professor e jornalista Clovis Duarte, pioneiro dos programas independentes na TV brasileira, faleceu em 19 de julho, por complicações após o tratamento de um câncer. Na TV Pampa, apresentava o Programa Clovis Duarte.

O Guerrilheiros da Notícia voltou ao ar após meses em hiato, em um novo canal: a Ulbra TV. O programa voltou a ser apresentado ao fim da tarde, como na TV Guaíba, e com o comando da filha de seu criador, Laura Alcaraz Gomes. Na TV Pampa, Magda Beatriz, prosseguiu com o programa de Clovis Duarte, agora com o nome Pampa News.

A menor emissora de TV aberta de Porto Alegre e pioneira na geração em UHF, a TV Urbana, também foi assunto em SulBRTV. Em outubro, a Justiça reconheceu o jornalista e advogado Leudo Costa como presidente da emissora. Com a decisão, o nome do canal voltou a ser TV Cristal, como na época em que Leudo foi seu diretor-superintendente. A segunda ”era TV Cristal” durou pouco: no mês seguinte, outra decisão judicial destituiu Leudo e a emissora voltou a ser do fundador Airton Neves. O nome TV Urbana voltou a ser usado e novos programas estrearam no canal.

Entre as grandes novidades de 2011, novos cenários estrearam em outubro na RICTV SC, o que a aproximou do padrão das emissoras paranaenses. Na RPC TV, houve uma reforma no jornalismo. Novos cenários e outras mudanças atingiram todos os telejornais do canal. O jornalístico Brasil Urgente, da Rede Bandeirantes, ganhou versões locais nos três estados e o Globo Esporte passou a ser inteiramente produzido nas capitais.

Avanços também na RBS TV, envolvendo a tecnologia HD: no RS, os programas Anonymus Gourmet e Patrola passaram a ser apresentados em alta definição. A emissora também transmitiu, pela primeira vez, a final de um Gauchão em HD, com uma partida entre Grêmio e Internacional. No Paraná, um novo canal entrou no ar: a ÓTV, emissora de TV por assinatura com programação voltada à região de Curitiba.

Muitos foram os acontecimentos que marcaram 2011 na história da TV do sul do Brasil, mas qual foi o principal deles? Deixe seu comentário e participe de nossas enquetes. SulBRTV deseja um ótimo ano de 2012 a todos!

Edição: Dilermando Dias. Colaborou Giorgio Guedin.
Compartilhe:

Um comentário:

Daniel F. Pigatto disse...

Muito boa a retrospectiva. Parabéns!

Muita coisa eu já nem lembrava mais que tinha acontecido e, de fato, são notícias marcantes.