sexta-feira, 20 de abril de 2018

SC: Luiz Carlos Prates agora é da RICTV Record

Acaba de assinar com o Grupo RIC, nesta sexta-feira (20), o jornalista e comentarista Luis Carlos Prates. Conhecido no estado de Santa Catarina, por seus comentários polêmicos, Prates estava no SBT local. Na nova casa, o jornalista irá dar seus comentários no Jornal do Meio Dia.

Luis Carlos Prates, um dos grandes nomes da televisão regional, começou sua carreira no Rio Grande do Sul, nos anos 1960, narrando basquete e futebol de salão na Rádio Porto Alegre. Ainda no rádio, passou pela Rádio Guaíba, foi repórter da rádio oficial americana Voz da América (VOA) no Brasil em 1972 e migrou em 1975 à Rádio Gaúcha, onde permaneceu por sete anos. Trabalhou como locutor esportivo, participando de quatro edições da Copa do Mundo de Futebol: 1978, 1982, 1986 e 1990. Prates, no Rio Grande do Sul, esteve também na Rádio Farroupilha.

Na televisão, o jornalista passou pela TV Difusora e, logo depois, pela RBS TV como apresentador do Jornal do Almoço em 1977. Em 1981, mudou-se para Santa Catarina e por lá passou pela TV Eldorado de Criciúma, TV Cultura de Florianópolis, chegando em 1983 à extinta RBS TV SC como coordenador de esportes da empresa na capital catarinense. Pela RBS TV, narrou jogos de futebol e atuou como comentarista de esportes no Jornal do Almoço. Também trabalhou na rádio CBN Diário, de Florianópolis. Na TVCOM SC, foi blogueiro do portal ClicRBS e colunista dos jornais Diário Gaúcho e Diário Catarinense.

Em 2010, como comentarista do Jornal do Almoço, Prates fez duras críticas ao governo Lula, responsabilizando-o pelas tragédias nas estradas ao afirmar que “hoje em dia qualquer miserável tem carro”. Seu comentário na época, gerou uma repercussão negativa, provocando até ataques da TV Record, contra o Grupo RBS. Como consequência, Prates é demitido do Grupo RBS e, em 2011, volta à ativa como comentarista do SBT Santa Catarina. Na emissora, Prates se envolveu em mais uma polêmica, num comentário sobre pacientes com casos de depressão, que consequentemente, ocasionou sua demissão em 2015.

Voltando atrás da decisão, o SBT SC recontrata o comentarista, ficando na casa até os dias atuais. Em 2012, o Grupo RIC tentou trazer o jornalista para a empresa, mas não conseguiu devido à rejeição do próprio.

Porém, parece que os pensamentos mudaram e Prates seguirá mesmo para um novo desafio. Na próxima terça-feira (24), ele estará na cidade de Chapecó, já como novo integrante da RICTV Record. Juntamente com o comentarista, estará o presidente do executivo do Grupo RIC, Marcelo Petrelli, o apresentador do Jornal do Meio Dia, Hélio Costa e demais jornalistas, para a campanha de divulgação de sua chegada à emissora.

Foto: Reprodução / Facebook

RBS TV estreia o Compartilhe RS

Entre as novidades que vêm chegando na RBS TV em 2018, uma delas é o Compartilhe RS. O programa dominical estreará dia 29 de abril, juntamente com o novo formato do Galpão Crioulo e irá ao ar das 6h30 às 7h da manhã, com a apresentação de Isabel Ferrari (foto) juntamente com os comunicadores Marck B e Seguidor F.

De acordo com a emissora, o Compartilhe RS abordará assuntos que contribuem para uma transformação positiva da sociedade. Com um formato leve e descontraído, terá também música, cultura e discussões sobre diversos temas da atualidade, procurando despertar o otimismo nas pessoas com relação ao futuro.

Sobre o novo programa, a vice-presidente de Produto e Operações do Grupo RBS, Andiara Petterle, destaca: "O Compartilhe RS surge da necessidade e do nosso compromisso em estarmos mais próximos das comunidades, de suas causas e, principalmente, das boas ações e projetos sociais na capital e no interior". A atração conta com o apoio da Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS).

O Campo e Lavoura, que também compunha esta faixa local dos domingos, passa a fazer parte do Galpão Crioulo como um quadro do programa.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Rogério Forcolen sai da Rede Massa e volta ao Rio Grande do Sul

Famoso por ter passado por várias emissoras em tão pouco tempo, Rogério Forcolen deixou agora a Rede Massa, afiliada do SBT no estado do Paraná, onde foi o apresentador do Jornal Tribuna da Massa – Manhã. Forcolen disse à imprensa que o motivo principal de sua saída da emissora foi não ter concordado com o andamento do projeto, sendo este encaixado a um perfil de uma pessoa mais jovem.

O jornalista retorna ao Rio Grande do Sul. Ele volta para a Rádio Alegria, onde esteve em outros tempos. Sua carreira na televisão, porém, não está findada. Forcolen está planejando uma atração para a Rede Digital de Comunicação, emissora gaúcha que irá estrear em junho deste ano na TV por assinatura gaúcha.

Na televisão, Forcolen ficou conhecido por apresentar o Balanço Geral, da TV Record RS. Logo depois, seguiu sua carreira no SBT Rio, RedeTV! e, antes da Rede Massa, na TV Urbana, de Porto Alegre. Como radialista, já esteve nas rádios Atlântida e Farroupilha, do Grupo RBS. Em sua cidade, Novo Hamburgo, trabalhou na Vale TV, emissora do Vale do Rio dos Sinos.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Band RS: Raul Ferreira agora comanda o Band Mulher

Novidades chegam na direção do programa Band Mulher, apresentado por Regina Lima, nas tardes da Band RS. O comando do programa passa a ser do jornalista Raul Ferreira. Raul comandará a equipe que tem a direção de Karina Chaves, produção de Cindy Vital, chefia de reportagem de Aline Rimolo, direção de imagens de Cláudio Araújo e Ciça Kramer na gerência de telejornalismo. Rafael Santos da Silva, seu antecessor, integrará o Núcleo de Programas Especiais da emissora e dirigirá os programas, Agroband e Rio Grande que dá Certo.

Entusiasmado com sua nova fase na empresa, Raul destaca: “Vamos fazer um programa diferente. Band Mulher estará em lugares inimagináveis, com entrevistados interessantes e com muito conteúdo”.

Raul é formado em jornalismo pela UFRGS (1982). Durante oito anos, foi produtor executivo da TVE RS e, logo depois, trabalhou na RBS TV, na função de editor-chefe de vários programas. Foi o responsável pelo formato do Jornal do Almoço estreado em 2010. Em fevereiro de 2015, no seu retorno à Fundação Piratini, passou a ser chefe de jornalismo da TVE RS. Antes de sua ida à Band RS, foi Secretário-Adjunto de Comunicação da Prefeitura de Canoas (RS).

“É muito bom agregar a experiência de um profissional como o Raul ao nosso time. Essa é a Band que queremos, valorizamos quem está na casa e agregamos valor com quem vem de fora” — Sérgio Cosso, diretor geral da Band RS, sobre a nova fase de Raul Ferreira.

Foto: Raul Ferreira / Reprodução

segunda-feira, 16 de abril de 2018

SBT RS: Morre o jornalista Ricardo Vidarte

Atualizado às 14h30 — Faleceu na manhã desta segunda-feira (16), o jornalista do SBT RS e radialista Ricardo Vidarte, de 57 anos, vítima de parada cardíaca. De acordo com informações da emissora, por volta das 9h30 o apresentador se sentiu mal e foi encaminhado da sede do canal, onde estava, para atendimento no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. Ele não resistiu e veio a óbito por volta das 10h30.

Vidarte, em sua carreira, cobriu quatro finais da Copa Libertadores da América, realizou sua primeira cobertura esportiva na Copa do Mundo da Itália em 1990, pela Rádio Guaíba, e esteve presente nas rádios Sucesso, Gazeta (Carazinho/RS), Gaúcha, Pampa e Grenal. Na televisão, trabalhou na TV Record e, por fim, desde 2007, no SBT RS.

Devido ao falecimento do jornalista, a emissora decidiu não apresentar hoje o SBT Esporte, que vai ao ar às 12h20, programa que Vidarte comandava juntamente com Débora de Oliveira.

O velório ocorrerá no Cemitério João XXIII, capela 9, a partir das 20h desta segunda-feira. O sepultamento será na terça-feira (17), às 10h30, no mesmo local. Em nota divulgada pelo SBT, a emissora lamentou a morte de Ricardo Vidarte e prestou solidariedade aos familiares e amigos.

Foto: SBT / Reprodução