segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Prates não vai se candidatar em 2018

O polêmico comentarista Luiz Carlos Prates não vai se candidatar a nenhum cargo eletivo em 2018. O anúncio foi dado durante comentário no SBT Meio Dia, do SBT Santa Catarina, na última sexta-feira (10), após o convite oficial do pré-candidato à presidência pelo partido Patriota, Jair Bolsonaro, para que ele concorresse ao Senado por Santa Catarina, notícia que mexeu no meio midiático e político na semana passada

Veja o comentário:

“Um convite que me elevou a autoestima, me deixou feliz, é um tipo de reconhecimento ao trabalho [...] Gosto de não sacudir uma bandeira, nem da esquerda, nem da direita mas aquela que, para o bem de todos, deve ser a bandeira do momento e esta bandeira da neutralidade, ainda que o comentário possa ser um tanto mais látego, a melhor bandeira é a desta bancada”, afirmou Prates em seu comentário.

terça-feira, 7 de novembro de 2017

SC: Luiz Carlos Prates é cotado para ser candidato a senador

Uma notícia que pegou o meio político e midiático em Santa Catarina de surpresa no início desta semana é que o polêmico comentarista do SBT SC, Luiz Carlos Prates, está sendo sondado pelo Patriota, partido político do pré-candidato à presidência, Jair Bolsonaro, a disputar a eleição para o cargo de senador pelo estado catarinense.

A informação foi dada em primeira mão pelo jornalista Rafael Martini, do Diário Catarinense, na edição de segunda-feira (06). Após a publicação, a filha e “empresária” de Prates, Sheila Prates, em um longo texto no Facebook, deu a entender que o polêmico comentarista deve aceitar o convite, resposta que pode sair ainda esta semana. 

Ao Portal Making Of, Sheila afirmou que Prates também foi sondado para disputar o cargo de deputado federal. “[...]O apoio vem de todos os lugares do Brasil. Gente que se sente vítima de um sistema corrompido moralmente que acabou nos levando para um buraco sem fundo. Mas também existe o brasileiro que nos procura para dizer que o Prates tem que entrar logo para a política para acertar a vida, para não trabalhar tanto, para receber os benefícios de uma vida com menos estresses[...]”, afirmou ao Making Of. 

O convite não foi por acaso. Em maio deste ano, Bolsonaro passou por Santa Catarina e concedeu inúmeras entrevistas em veículos de comunicação, inclusive na NSC TV (Globo). Mas no SBT Meio Dia, em uma longa participação, o deputado federal pelo Rio de Janeiro não escondeu a admiração por Prates. Em certo momento, em tom de brincadeira, foi insinuado um convite para o comentarista ser seu vice-presidente no pleito do ano que vem. 

Comunicadores se envolvendo com política não é nenhuma novidade em Santa Catarina e em todo o sul do Brasil. Mas é a primeira vez na história recente catarinense que um comunicador é cotado para disputar um cargo tão alto, como uma cadeira no Senado. No Rio Grande do Sul, Ana Amélia Lemos e Lasier Martins atuam como senadores, mas tiveram antes uma longa trajetória na comunicação gaúcha. 

Saiba mais sobre a trajetória de Prates 

Luiz Carlos Prates nasceu em Santiago (RS), é psicólogo por formação, mas desde cedo, em 1960, iniciou uma trajetória na comunicação esportiva. Passou por diversas emissoras gaúchas, inclusive foi correspondente da emissora norte-americana Voz da América no Brasil. Em 1981, mudou-se para Santa Catarina, onde trabalhou na TV Eldorado (RCE TV) de Criciúma. Em 1983, assumiu o cargo de coordenador de esportes da RBS TV de Florianópolis. Na emissora, narrou partidas de futebol e atuou como comentarista esportivo do Jornal do Almoço

Na década de 90, Prates trocou o meio esportivo pelos comentários do cotidiano, na extinta TV Record de Florianópolis. Em 2000, voltou ao Grupo RBS em Santa Catarina como colunista "Diário Catarinense" e apresentador do Notícia da tarde, na Rádio CBN Diário. Em meados da década de 2000, chegou a ter um programete na extinta TVCOM de Santa Catarina e, em 2006, passou a ser comentarista fixo do Jornal do Almoço.

Um desses comentários, no final de 2010, repercutiu negativamente e foi o pivô de sua saída do Grupo RBS, oficializada em janeiro de 2011. Algumas semanas depois, o SBT Santa Catarina o contratou. Em 2012 chegou a ser sondado pela RICTV Record. No ano de 2015, por mais um comentário de repercussão negativa, se afastou por cerca de um mês do SBT SC. Em seguida, mudou para a Rede TV!, ganhando alcance nacional, mas em junho do ano passado voltou a ser colunista pelo SBT SC, onde está desde então. Prates também dá palestras e tem um canal no YouTube, gerenciado por sua filha.

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Em medida inédita, NSC Notícias tem duração expandida

Os telespectadores do NSC Notícias, o jornal que ocupa a faixa local noturna na TV Globo em Santa Catarina, podem não ter percebido, mas desde a última segunda-feira (23), estão assistindo a uma versão maior do jornalístico, se comparado ao resto do Brasil. A medida está em testes e é inédita entre as emissoras próprias e afiliadas da Globo. 

Segundo fontes ouvidas por SulBRTV, a medida atende a um pedido da equipe da emissora catarinense: contextualizar mais os assuntos abordados, uma das propostas iniciais do novo jornal. Hoje, por exemplo, teve uma breve análise política, em forma de entrevista, ao vivo no estúdio, com um repórter do impresso "Diário Catarinense". O noticiário político “fervendo” em Brasília também colaborou com a solicitação. Quando o Jornal Nacional está maior, por exemplo, a primeira “vítima” é a duração do Praça TV 2 (nome genérico do jornal local da Globo), tornando impossível o cumprimento da proposta inicial. 

Para que a programação nacional da TV Globo não seja afetada, alguns ajustes tiveram que ser realizados. Em Santa Catarina, Malhação e Tempo de Amar estão sendo exibidas antes. A “manobra” acontece no primeiro intervalo comercial da novela adolescente. Excluem-se os comerciais sem retorno financeiro, os chamados “calhais”, como Som Livre, G1, por exemplo, das duas atrações. O tempo ganho é em torno de cinco minutos. Nesta quinta-feira, por exemplo, foram quatro minutos e 25 segundos. Pode parecer pouco, mas é praticamente um bloco a mais, se considerar o padrão para o Praça TV 2. Mas o NSC Notícias continua com três blocos, só que maiores. 

A NSC foi autorizada pela TV Globo a fazer o projeto piloto e os testes vão durar 30 dias. Após o experimento, a medida pode ser efetivada ou voltar como era antes: um jornal com cerca de 15 minutos, como acontece atualmente no resto do país.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

RS: Roberto Cabrini no Congresso da AGERT

O jornalista e apresentador do programa Conexão Repórter (SBT), Roberto Cabrini, vai apresentar uma palestra sobre Jornalismo Investigativo no 24º Congresso de Rádio e TV em Canela (RS). O evento acontece nesta quarta-feira (25), às 16h30, no Hotel Continental. A palestra faz parte do Congresso organizado pela AGERT (Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão).

"O SBT traz ao Rio Grande do Sul um dos ícones mais premiados do jornalismo investigativo para esse evento tão relevante. O Cabrini, hoje, exerce com muita habilidade e coragem a principal ferramenta de um jornalista: a investigação", define Luís Cruz, diretor regional do SBT RS.

Roberto Cabrini está no SBT desde 2009, onde é o editor-chefe e apresentador do Conexão Repórter. Como repórter investigativo, venceu os prêmios Esso, APCA, Líbero Badaró, Imprensa, Tim Lopes e Vladimir Herzog. Ao longo de sua carreira, cobriu seis guerras.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Ulbra TV homenageia 500 anos da Reforma Luterana

Entre os dias 23 e 31 de outubro, a Ulbra TV de Porto Alegre, pertencente à Universidade Luterana do Brasil, apresentará uma programação especial sobre os 500 anos da Reforma Luterana, iniciada na Alemanha por Martinho Lutero em 1517.

Entre 23 e 27 de outubro (segunda a sexta-feira), três programas sobre o assunto serão exibidos. A partir das 20h30, o documentário "Um Homem Chamado Martinho" será apresentado durante a edição especial do CPT: Cristo Para Todos. Na sequência, a microssérie "Lutero: Muito Além da Religião" e as obras finalistas do "Festival de Curtas da Reforma".

O fim de semana será marcado pela aula "A Reforma Luterana Através da Arte", no dia 28 (sábado) às 13h, e pela maratona de todas as atrações do tema, no dia 29 (domingo) a partir das 15h.

A programação especial será finalizada na terça-feira (31), data do aniversário da Reforma, com a apresentação, às 7h30, com reprise às 20h35, do concerto "500 sons para os 500 anos".

Fonte: Coletiva.net.