quarta-feira, 8 de junho de 2011

Morre a jornalista Patrícia Jacomel

(Atualizado às 13h27)
A jornalista Patrícia Jacomel faleceu, aos 35 anos, na madrugada desta quarta-feira na capital catarinense vítima de pneumonia. Ela estava internada desde o final de maio.

Muitos amigos da jornalista estão usando as redes sociais, como o Twitter, para deixar uma última homenagem: "Manhã triste por aqui...acabo de saber que minha amiga Patrícia Jacomel foi para o mundo espiritual!", escreveu a editora chefe adjunta do "Jornal do Almoço", Ligia Gastaldi. "Amigos, a nossa amiga Patrícia Jacomel nos deixou nessa manhã. Foi para um plano espiritual superior. Boa sorte amiga", escreveu o jornalista da RIC TV Record, Nader Khalil.

Patrícia trabalhou por vários anos na RBS TV em Santa Catarina, na TVAL — Assembleia Legislativa de Santa Catarina, entre outras empresas. Seu último trabalho foi como assessora da deputada estadual Ada De Luca. O sepultamento de Patrícia Jacomel será hoje, às 17h no Cemitério São Francisco de Assis, Itacorobi, Florianópolis.

Foto: Twitter pessoal de Patrícia Jacomel.
Compartilhe:

11 comentários:

Anônimo disse...

como tu sabe que ela tava internada desde maio?

Giorgio Rosso Guedin disse...

Fiz uma pesquisa pelo twitter, sobre a Patricia Jacomel, muitos jornalistas haviam informado, entre o dia 30 e 31 que ela estava internada no hospital, no dia 4 uma jornalista escreveu no twitter que ela teria melhorado, hoje pela manha, atraves do twitter da ligia gastaldi, obtive a informação da morte de patricia.

Adércio José Velter disse...

Foram quatro meses de convivência com Patrícia Jacomel. Aprendi a admirar a excelente profissional do jornalismo e companheira de luta, no nosso corrido e sofrido dia-a-dia do Sistema Prisional Catarinense. Que Deus a receba de braços abertos e conforte os amigos que aqui ficaram com as lembranças de sua firmeza, dedicação, companheirismo, profissionalismo e amizade.

Adércio José Velter
Diretor do Departamento de Administração Prisional – DEAP.

Anônimo disse...

Estou muito triste com a morte da Patrícia. Quero deixar aqui meu relato do tempo em que trabalhamos juntas na RBS TV.Sempre tive a Patrícia como referência de profissionalismo. Segura no que fazia e com uma qualidade rara entre tantos jornalistas. A humildade. Fica com Deus minha querida.
Lize Búrigo- Jornalista

Anônimo disse...

A Patrícia Jacomel trabalhou em Joinville?

Blog da Cris disse...

Quero cumprimentar a família da Patrícia, já que são pessoas que conheçemos a tanto tempo, em especial, a Sra. Mires, mãe da Patrícia. É uma grande amiga nossa do peito. Irreverente e forte, vai conseguir superar esse momento tão difícil. Ao esposo da Patrícia, nossos mais profundos sentimentos. Ainda ontem quando conversamos, vi uma mãe resignada, compreendendo a situação que se apresentava. Adoramos a Sra. D. Mires, força, muita paz e fé. Um abraço de Cristiane Boechat, Priscila Boechat,Edelson Boechat e família.

Cristiane disse...

Quero cumprimentar a família da Patrícia, já que são pessoas que conheçemos a tanto tempo, em especial, a Sra. Mires, mãe da Patrícia. É uma grande amiga nossa do peito. Irreverente e forte, vai conseguir superar esse momento tão difícil. Ao esposo da Patrícia, nossos mais profundos sentimentos. Ainda ontem quando conversamos, vi uma mãe resignada, compreendendo a situação que se apresentava. Adoramos a Sra. D. Mires, força, muita paz e fé. Um abraço de Cristiane Boechat, Priscila Boechat,Edelson Boechat e família.

Giorgio Rosso Guedin disse...

De acordo com o twitter do Marco Aurélio Braga, ela trabalhou na RBS Joinville na década de 90.

José NASCIMENTO disse...

Perdemos o físico de Patrícia, mas ganhamos uma estrela a mais no firmamento para continuar nos iluminado em nossas ações como profissionais da imprensa. Tenho certeza de que ela estará sempre conosco, assim como esteve ao longo de sua vida. Saudades.

José Nascimento
Jornalista

Renato Adriano disse...

Vá com Deus Patricia !!! e olhe por nos aqui na terra, vc é sempre será uma estrela, agora la no céu.
Descanse em paz, Força para sua familia.

César Curtarelli disse...

Eu Conhecia a Patrícia ( filha do Néri Jacomel, colega aposentado que trabalhou comigo em Chapecó ). Um tristeza saber dessa noticia, pois a Patrícia quando a conheci, era uma menininha( tinha uns 7 anos ) e sempre que podia estava junto com o Néri na Abecelesc. Serelepe, brincalhona e cheia de vida, não parava...
Aquela menina prometia, pois sempre foi de uma inteligência fenomenal. Não a toa quando a via na RBS Florianópolis, como repórter mor da RBS, ficava feliz de ver aquela que um dia todos nós brincávamos na sua plena infância.
Essa vida é complicada. Um dia estamos felizes, noutro estamos tristes...
que tristeza !
Patrícia, onde quer que esteja, que Deus lhe proteja e que aquela menininha feliz, seja acolhida com toda alegria em algum lugar no paraíso.
Amém !

César Curtarelli
Celesc B.Piçarras