segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Lasier Martins vai se candidatar ao Senado

O jornalista Lasier Martins anunciou no Jornal do Almoço desta segunda-feira (7) que vai concorrer ao Senado Federal pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT) em 2014. Consequentemente, o comentarista deixa o Grupo RBS após 27 anos na empresa.

Há muito tempo se especula a possibilidade da candidatura de Lasier Martins a algum cargo político. Em 2012, no final das eleições municipais, Lasier negou que fosse candidato ao Governo do Estado nestas próximas eleições, o que se confirma, pois escolheu o Senado.

Lasier nasceu em 1942 no município de Vale Verde (RS), região do Vale do Rio Pardo. Formou-se em direito em 1967, mas largou a carreira de advogado para se dedicar à comunicação. Ingressou no Grupo RBS em 1986 e passou pela Rádio Gaúcha, TVCOM e RBS TV. Foi apresentador do Jornal do Almoço no período entre a saída de Maria do Carmo, que também entrou na política, e estreia de Cristina Ranzolin. Deixou a Rádio Gaúcha em 2012 e permaneceu até hoje na RBS TV como comentarista no Jornal do Almoço.

Apesar de atuar apenas no Rio Grande do Sul, Lasier ficou conhecido nacionalmente em 2006, quando foi postado no YouTube o vídeo do choque elétrico que levou durante um boletim ao vivo do Jornal do Almoço na Festa da Uva de Caxias do Sul, ocorrido dez anos antes e preservado em fita VHS.

Há duas semanas, o radialista André Machado também deixou a RBS para seguir carreira política. Ele vai se candidatar a deputado federal pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB), com o mesmo número usado nos últimos dois pleitos por Manuela d'Ávila, que preferiu concorrer a deputada estadual.

Leia e assista, na íntegra, a despedida de Lasier Martins.

2 comentários:

Vini.cius disse...

Eu estava pensando, esses dias foi noticiado que o Lasier renovou com a RBS, então caso ele seja eleito, vai receber salário da empresa de comunicação também? Será que isso também não seria "moralmente duvidoso"?

Paulo Fachel disse...

Esqueceram que antes da RBS ele trabalhou na Radio Guaíba e Correio do Povo, ou a vida só começa na BBS?