quarta-feira, 17 de junho de 2009

giorgioguedin é desativado pela Viacom

A notícia que o blog SulBRTV jamais queria dar: Acaba de ser desativada a conta giorgioguedin, do nosso companheiro Giorgio Rosso Guedin, daqui do blog SulBRTV. A conta encaminhava-se ao número de 500 vídeos e vinha postando vários vídeos históricos e muito interessantes da TV catarinense. Infelizmente isso é algo a que todos nós do YouTube estamos sujeitos. Nos últimos meses, outras contas de grande acesso foram desativadas por motivos de direitos autorais. A exclusão da conta ocorreu nos últimos minutos e ainda não sabemos exatamente o que fazer em seguida.

Também foram excluídas as contas maxxivideos e videosdatv2009, também de Giorgio Guedin.

A exclusão do canal foi realizada a partir da denúncia da Viacom pelos direitos autorais do vídeo "Vinheta de Fim de Ano (2008/2009) - MTV Brasil".

****** Atualização de post às 22h

Giorgio Rosso Guedin

Pois é, isso mais cedo ou mais tarde iria acontecer. E justamente na melhor época que postava vídeos. Com muitas raridades. Estava muito empolgado.Estou chateado não pela exclusão, mas talvez pela forma que aconteceu tudo isso, não custa enviar algum comunicado antes? Eu fico mais chateado é com contas em que são feitas puramente em cima cópias de outros sites e outras contas e nada faz acontecer... isso sim é direito autoral violado!Mas nada é feito... só resta dar parabéns a uma pessoa em especial que deve estar rindo disso tudo, mas em breve será a vez dele. Isso não tenho dúvida.

Não voltarei mais ao youtube, não colocarei os vídeos em outros sites, mas talvez possa mandar alguns vídeos para colegas postarem. Continuarei escrevendo aqui no blog, e por favor peço que continuem acessando o blog. O youtube era (e ainda é, com a conta do Dilermando) a maior vitrine do blog.

Desde julho de 2006, perdia boa parte da minha vida em função dos vídeos. Sempre fui amante de jornalismo, pretendo seguir esta carreira. As vinhetas foi praticamente uma extensão dessa paixão. Comecei a compartilhar as vinhetas na comunidade "Vinhetas de Telejornais". O Youtube virou febre, migrei pra lá. Fui um dos pioneiros. Posso dizer, sem modestia, que devido aos meus vídeos, muita gente nova apareceu para postar algo da televisão do seu estado, isso é gratificante.

Encerro minha conta com mais de 650 vídeos (entre as contas giorgioguedin, maxxvideos, videosdatv2009,gguedin),com mais de 5 milhões de visitações, 220 inscritos, uma menção honrosa "eterna" (erro do chaves) Agradeço ao gestos de carinho por todos os colegas do youtube, fãs e que eles continuem a enviar e enriquecer mais ainda a televisão regional, brasileira e mundial!

8 comentários:

Gustavo Galhart disse...

Recado ao Giorgio e ao Dilermando:
Experimente transmissões via stream e não esqueça de tomar cautela quanto a questão autoral, e poste em sites alternativos, como o VideoLog ou o DailyMotion.
Foi com lamento que tivemos que "enterrar" essa conta, e isso acontece.
Uma pergunta: vcs têm back-ups dos vídeos? É bom para precaução

Anônimo disse...

E o YouTube ataca novamente. Maldita Viacom. Meu caro Giorgio. Me solidarizo a você pelo ocorrido. Infelizmente perdemos seu ótimo canal no site, mas Bola pra frente!

Anônimo disse...

é uma pena q isso tenha acontecido malditas empresas q estão sempre interesadas no lucro e acabam estragando com nossos canais q nada mais quer q simplismente divulgar a tv brasileira é igual se falou na exclusão da conta aberturas de novelas que logo o youtube virara sites de videos caseiros e festas de aniversario isso se a trilha de fundo não for protegida que ridiculo.
Dilermando e giorgio o canal de vc's ta muito bom
continuem fazendo esse otimo trabalho q vc's fazem

Carlos Augusto disse...

Não, isso só pode ser um pesadelo, Giorgio!

Tantos usuários cujo único objetivo era manter a nossa história da TV viva com gloriosas imagens do passado foram sendo banidos. Isquericrou (MofoTV), moroni2006 (que felizmente não teve a conta excluída), Peabiruta, entre outros que só tinham boas intenções. Agora o capitalismo selvagem e a ganância das empresas americanas tiraram do ar quase 500 vídeos seus de excelente qualidade. E agora o Dilermando (diler2006) também corre o risco de ser banido, infelizmente.

Eu ODEIO o imperialismo dos Estados Unidos da América, que querem sempre mandar no nosso mundo. Só que saibam as grandes empresas de mídia que NÃO É banindo usuários do YouTube que elas aumentarão seus lucros.

Um forte abraço para vocês e continuem com o blog SulBRTV.
Carlos Augusto.

dlrn115 disse...

Caramba,Giorgio como isso poderia ter acontecido com você? Eu iria mandar uma mensagem para você falando sobre o video do encerramento da sessão de gala e fiquei pasmado ao ver tua conta cara. Ei, irmão, qualquer coisa estou ai pra te ajudar.

direto do blog dlrn115!
colocarei um protesto no meu blog, falando sobre contas encerradas!

jotapê disse...

Aff. Giorgio meus recentimentos.. eu ja passei por isso e seio o quanto é duro. Perdi no YT mais de 1000 inscritos e varias "raridades". mais o negócio é bola pra frente e não se preocupar com isso.

João Pedro disse...

Giorgio, eu acabei de chegar no YouTube, mas acho que provavelmente só irei lá para ver vídeos. Vale lembrar que o Carlos Augusto, que comentou aí, é de Brasília e tem o nome de Saudosista80. Usuários como braziliantv, Pavuna90, moroni2006 (esse ficou no quase), MofoTV de José Marques Neto, que se subdividiu em 7desetembro, 8desetembro, 9desetembro e 10desetembro e o Fábio Sexugi. Antes, quero dar uma quentinha: o usuário sfl662006, que mantém as vinhetas do antigo moroni2005, está perto de sair do YT, graças ao que Igor C. Barros vem fazendo, já que ele vai pra MTV (ou seja...). Uma pergunta que eu quero que seja respondida (pergunto diretamente ao Dilermando): alguém conhece o e-mail do Fábio Sexugi. Eu preciso daquela vinheta da Tela Quente de 2000!

Brenda disse...

Gente, a Viacom tem que retirar os vídeos. Se voces não sabem a Viacom havia pedido 1 bilhão de dólares de indenização para o YouTube. A Viacom contratou 18 Empresas de Marketing para retirar todo o seu conteúdo do YouTube.