sexta-feira, 8 de maio de 2009

O Jeito Gaúcho de fazer Televisão....

Enviada por Celso Luiz.

Da esquerda para direita:
Acima: Foto da bancada do JA nos anos 80, Maria do Carmo e Cunha Jr.
Abaixo: Paulo Santana, Lasier Martins e Vera Armando.

Informar, entreter e divertir esta é a receita de sucesso do Jornal do Almoço, o programa que nasceu e cresceu junto com a RBS TV.

Criado em 1972, em um tempo em que ainda não havia noticiário local em nossa tv, a emissora gaúcha, resolveu apostar no regionalismo, buscando maior aproximação e interação com os telespectadores de sua região. A princípio o Jornal do Almoço, tinha duas horas de duração, a RBS TV interrompia a programação da Rede Globo para exibir o Programa.

No início o telespectador deve ter estranhado o formato do jornal, com vários apresentadores na bancada, nitidamente inspirado nos noticiários americanos, porém logo deve ter se acostumado com o dinamismo e a interação dos apresentadores do programa.

Vários apresentadores passaram pela bancada ao longo dos anos, alguns se destacaram pelo tempo de permanência a frente da atração como a apresentadora Maria do Carmo, que durante três décadas foi a “cara” do JA, outros ficaram conhecidos nacionalmente, como: Geraldo Canali, Rogério Amaral, Celestino Valenzuela, Cunha Jr., e a atual apresentadora Cristina Ranzolin, que comanda o JA ao lado de dois veteranos, Lasier Martins e Paulo Santana.

Em Junho de 1988, o jornalismo da RBS resolveu inovar mais uma vez, buscando maior aproximação com o público, a equipe de apresentadores, passou a percorrer o interior do estado, fazendo edições itinerantes do JA. A primeira edição ocorrida no interior do estado foi realizada em Erechim e teve a participação de Maria do Carmo, Lasier Martins, Vera Armando, Lauro Quadros, Paulo Santana e Cunha Jr.

Para se ter uma ideia da importância do JA na tv brasileira, foi apostando na fórmula de sucesso do Jornal do Almoço, que o então diretor da Central Globo de Jornalismo, Armando Nogueira, resolveu implantar na grade de jornalismo da Globo os chamados praça tv no ano de 1983.

Porém o JA tem e mantém uma personalidade própria, que nunca foi adotada nos noticiários locais da Rede Globo. Mesmo tendo seu formato alterado, no inicio desta década, se aproximando de forma relativa do padrão globo de tele jornalismo local, o JA ainda mantém um dinamismo próprio que ainda o diferencia.


Entrada do Jornal do Almoço em 1988


Trechos do Jornal do Almoço em 1988 com Cunha Jr entrevistando Dinho do Capital


Jornal do Almoço - Erechim 1988.

Esta reportagem foi enviada por Celso Luiz Drummond Martinelli. Envie também sua reportagem para sulbrtv@hotmail.com. Ela poderá ser publicada em SulBRTV, com os devidos créditos ao autor.

Nenhum comentário: