sexta-feira, 20 de abril de 2018

SC: Luiz Carlos Prates agora é da RICTV Record

Acaba de assinar com o Grupo RIC, nesta sexta-feira (20), o jornalista e comentarista Luis Carlos Prates. Conhecido no estado de Santa Catarina, por seus comentários polêmicos, Prates estava no SBT local. Na nova casa, o jornalista irá dar seus comentários no Jornal do Meio Dia.

Luis Carlos Prates, um dos grandes nomes da televisão regional, começou sua carreira no Rio Grande do Sul, nos anos 1960, narrando basquete e futebol de salão na Rádio Porto Alegre. Ainda no rádio, passou pela Rádio Guaíba, foi repórter da rádio oficial americana Voz da América (VOA) no Brasil em 1972 e migrou em 1975 à Rádio Gaúcha, onde permaneceu por sete anos. Trabalhou como locutor esportivo, participando de quatro edições da Copa do Mundo de Futebol: 1978, 1982, 1986 e 1990. Prates, no Rio Grande do Sul, esteve também na Rádio Farroupilha.

Na televisão, o jornalista passou pela TV Difusora e, logo depois, pela RBS TV como apresentador do Jornal do Almoço em 1977. Em 1981, mudou-se para Santa Catarina e por lá passou pela TV Eldorado de Criciúma, TV Cultura de Florianópolis, chegando em 1983 à extinta RBS TV SC como coordenador de esportes da empresa na capital catarinense. Pela RBS TV, narrou jogos de futebol e atuou como comentarista de esportes no Jornal do Almoço. Também trabalhou na rádio CBN Diário, de Florianópolis. Na TVCOM SC, foi blogueiro do portal ClicRBS e colunista dos jornais Diário Gaúcho e Diário Catarinense.

Em 2010, como comentarista do Jornal do Almoço, Prates fez duras críticas ao governo Lula, responsabilizando-o pelas tragédias nas estradas ao afirmar que “hoje em dia qualquer miserável tem carro”. Seu comentário na época, gerou uma repercussão negativa, provocando até ataques da TV Record, contra o Grupo RBS. Como consequência, Prates é demitido do Grupo RBS e, em 2011, volta à ativa como comentarista do SBT Santa Catarina. Na emissora, Prates se envolveu em mais uma polêmica, num comentário sobre pacientes com casos de depressão, que consequentemente, ocasionou sua demissão em 2015.

Voltando atrás da decisão, o SBT SC recontrata o comentarista, ficando na casa até os dias atuais. Em 2012, o Grupo RIC tentou trazer o jornalista para a empresa, mas não conseguiu devido à rejeição do próprio.

Porém, parece que os pensamentos mudaram e Prates seguirá mesmo para um novo desafio. Na próxima terça-feira (24), ele estará na cidade de Chapecó, já como novo integrante da RICTV Record. Juntamente com o comentarista, estará o presidente do executivo do Grupo RIC, Marcelo Petrelli, o apresentador do Jornal do Meio Dia, Hélio Costa e demais jornalistas, para a campanha de divulgação de sua chegada à emissora.

Foto: Reprodução / Facebook

5 comentários:

João Victor Pereira disse...

Só pra corrigir, não é Jornal do Meio-Dia, e sim Balanço Geral SC!!!

Anônimo disse...

ISSO, O GRUPO RIC NAO UTILIZA MAIS O NOME PARA O NOTICIARIO DA HORA DO ALMOÇO!!!

DEPOIS DO ESCULACHO DA RECORD (NAS REPORTAGENS VEICULADAS A FRASE FOI ENTENDIDA COMO PRECONCEITO ECONOMICO E SOCIAL - NA MINHA OPINIÃO ELE QUIS EXPRESSAR QUE FOMENTANDO O CREDITO PRA COMPRA DE CARRO QUALQUER UM CONSEGUIU, MAS SEM TER ESTRADAS QUE SUPORTEM ESSE FLUXO), DESSA VEZ ACEITOU IR TRABALHAR!!!!!

Michel Dias disse...

Lixoooo

Anônimo disse...

Esse homem não vale nada. Não merece nenhum respeito.. #Miseravel

Anônimo disse...

Pois é, Prates mostrou que não tem caráter. Foi demitido pela RBS graças a reportagens nacionais da Record, inclusive do próprio Paulo Henrique Amorin, e agora acertou com eles. Farinha do mesmo saco